O Blog destinado a uma tribo com espírito aventureiro, que aprecia as estrelas do céu mais que as do hotel

.

Pucón – O Chile para ecoturistas!

Pucón – O Chile para ecoturistas!

Viajei em 2009 e das cidades que conheci no Chile , sem dúvida, Pucón é a que eu mais recomendo àqueles que tem um espírito aventureiro, que curtem, trilhas, cachoeiras , termas, praias e no caso de Pucón: Vulcões!
Pucón está aproximadamente 785 Km de Santiago , mais ao Sul do Chile, na chamada região dos Lagos, na Patagonia Chilena. Possui cerca de 8 mil habitantes e a moeda utilizada é o Peso Chileno (CHP$), vide post sobre Santiago .
Foi a cidadezinha mais charmosa (e mais legal) que eu conheci até agora no Chile, sem dúvida nenhuma!

Patagonia Chilena

Como chegar ?

Eu peguei um ônibus de Santiago e me aventurei em uma viagem de 10 horas! Fui pela empresa JAC (www.jac.cl) , mas você pode optar por outras : Pullman ou Tur Bus. Pesquise e verifique qual tem o melhor preço. Confesso que na ocasião eu não tive tempo, porque eu pisei em Santiago em um sexta- feira, conheci 4 garotas que estavam indo para Pucón dali 3 horas, só tive tempo de correr até a rodoviária (sem nem conhecer a cidade, loucura!) e pegar a minha passagem…Portanto não posso opinar se paguei o melhor preço, o fato é que minha passagem saiu CHP$ 20.500 ou R$ 85,00 somente ida e o mesmo valor para retorno, totalizando R$ 170 (cento e setenta reais) . Um susto para quem estava acostumada com os precinhos camaradas da Argentina, mas Pucón estava no meu roteiro como imprescindível…Portanto…Bora!

Dica de economia

Descobri mais tarde que as passagens para Villarica (cidade vizinha , a 25 Km de Pucon) costumam ser 3 vezes mais baratas do que as passagens direto para Pucón! Se sairem de Santiago, avaliem o preço pela viação Linea Azul (www.buseslineazul.cl) , que faz o trajeto. Chegando em Villarica , pegue um coletivo para Pucon ou então avalie o custoXbenefício de permanecer na cidadela…Por que não?

Vilarica - Pucón - Chile

É possível acessar Pucón pela Argentina, informe-se!
Pucón conta também com um mini aeroporto, que funciona somente no verão.Confesso que não me dei nem ao trabalho de checar o preço da passagem. Achei desncessário e tive a infelicidade de conhecer este lugar lindo no inverno! ;-(

Hospedagem

Como mencionei , a primeira cidade chilena que mantive contato foi Pucón, porque cheguei em Santiago e não fiquei nem 4 horas, logo embarquei. Tinha acabado de sair de Córdoba – Argentina , então estava um pouco perdida…Porque embora os países sejam vizinhos, eles são muito diferentes em paisagem,clima , povo e preço!
Sai de Santiago às 21h e cheguei em Pucón às 7h da manhã… Estava com as meninas que eu conheci no apartamento que eu dividiria em Santiago…Que erro o meu viajar com elas!
Vocês já conheceram pessoas mortas e que andam por ai por inércia? Foi este tipo que encontrei!
Elas conseguiram estrgar tudo! Mas não vão estragar o post..rs
Eu só estou contando , porque isso justificará o motivo pelo qual não pude explorar muito a cidade e seus preços…
Descemos do ônibus, fomos abordadas por uma senhora que oferecia hospedagem em sua casinha em frente rodoviária…Uma casinha muito simpática! Fomos conhecer e eu gostei!
Mas o meu espírito inquieto não me permitiria fechar uma oferta sem antes olhar uma segunda opção que fosse, pois bem, as morta-vivas não queriam se molhar e optaram ficar por lá mesmo e eu ainda um pouco lesada, fui na onda!
O fato é que não pagamos caro…Era uma pousada familiar, eu fiquei em um quarto sozinha ( graças a Deus!) no piso de baixo e as zumbis subiram!
Pagamos por volta de CHP$ 7.000 o que dava algo em torno de R$ 30 ( trinta reais) a diária ….Ótimo! Elas eram sovinas! ( Sim, sovinas…Depois saberão o porquê! E eu sempre digo..Viajar com pouco dinheiro é saber emprega-lo , mas não deixar de aproveitar as boas coisas da vida! Você está viajando!) .
A pousadinha era , literalmente, em frente a rodoviária , alguns poucos metros da Avenida Principal : Avenida O’ Higgins, onde concentram-se as agências que promovem os passeios da cidade, restaurantes, mercados e de frente a ele …O majestoso vulcão Villarica… que estava totalmente encoberto! #fail

O que fazer?

Vulcão de Pucón

Pucón é uma cidade que , certamente, está no meu roteiro de retorno eu tive pouquíssima sorte com clima, compania, data…Enfim…
Mas , pessoa otimista que sou, foi sensacional para conhecer o potencial da cidade e descobrir que o Sul do Chile tem muita coisa que é minha caraaaa! Bem mais que os “ borings” passeios de esqui!
Deixei minhas coisas na pousada e mais que depressa fui buscar alguma agência que estivesse operando o passeio para a Escalada do Vulcão Villarica…Ledo engano… Eles só o fazem no verão e em condições climáticas específicas! Se naquele dia eu não estav conseguindo nem ver o majestoso, como poderia escalá-lo?
Este é um vulcão em atividade, tanto que o posto do Corpo de Bombeiro que fica na avenida principal possui um sinal de alerta vulcânico! #medo
Encontramos uma única agência aberta e neste momento o meu quesito economia já não apitava mais nada! Estava aguentando aquelas meninas malas, em uma cidade deserta, chuvosa e a minha missão de escalar o vulcão já tinha sucumbido…Só me restava ver o que aquela cidade oferecia…
Paguei CHP$ 25.000 , equivalente a R$ 105,00 ( cento e cinco reais) o passeio de um dia! Bizarro de carooo! Mas era o que tinha!

Minha dica

Verifique o custo X benefício de se alugar um carro…Os locais são de extremo fácil acesso, porém são distantes…Talvez

seja muto mais barato do que pagar as agências! Somente a escalada do vulcão é que eu recomendo 100% a contratação da visita guiada!
Lago Caburgua Localiza-se cerca de 25 km de Pucon na Provîncia de Cautín .É de origem vulcânica e possui um arredor exuberante de bosques. Suas águas são , epecialmente, convidativas para a prática de esportes náuticos. Você acrditam que as “ fulanas” que estavam comigo desceram de guarda-chuvas para tiras fotos e dar uma passeada pelo local ? Nãaaao! Nesse momento eu quis qu eo Villarica rompesse em erupção! Jurooo!!! E ainda me chamaram para tirar foto embaixo daquela sombrinha tosca!
Ojos del Caburgua – Localizam-se a 15 km de Pucón e tratam-se de 3 quedas d’ águas de beleza ímpar! Estas águas imergem do Lago de Caburga e formam os poções de coloração azul que dão a beleza ao local. Esta parada foi mais interessante , porque as donzelas não quiseram descer da van ( para a nossaaaa alegriaaa!) e eu fiquei com o guia mais de meia hora perguntando sobre o local , tirando fotos, contemplando a natureza!
Termas de Huife – Foi o parque termal que visitei… Confesso que estava tão triste com aquela paiagem cinza, com as minhas companias “mala”, com a minha frustração de nem ao menos ver o meu vulcãozinho ( estava me sentindo meio O pequeno Príncipe) que não tive ânimo de me aventurar nas piscinas de águas naturais a 40oC (elas pode chegar até a 58oC!!! ). São super indicadas para tratamentos terapeuticos ! As piscinas a céu aberto são adornadas pela paisagem dos bosques nativos da região , formando uma paisegm lindissima e extremamente convidativa, especialmente a casais! Recomendo!

Locais que eu sugiro, mas que não conheci:

Centro de esqui Vilarrica-Pucón – A temporada para esquiar em Pucón é de Junho a Outubro , o centro de esqui Villarica, fica dentro do Parque Naciobal Villarica e não faz feio para nenhuma outra estação de esqui da redozndeza. Já foi considerado o paraíso do snowboard! São 20 pistas de esqui de onde você tem o visual para os 5 lagos do sul chileno…Não preciso dizer mais nada, né?

Estação de Vilarica em Pucón
Parque Nacional Huerquelhue – Distante 35 Km de Pucon, localiza-se nos Andes , próximo ao Lago de Caburgua. O parque tem como principais atrações Lago Verde, o Lago Toro e vales definitivamente cinematográficos.
Rafting no Rio Trancura – O rio Trancura torna-se mais caudaloso com as águas de degelo no verão e você pode optar pelo rafting no baixo Trancura ( mais tranquillo) o no alto Trancura ( com emoção)
Playa Grande ( Lago Villarica ) – É a praia de água doce dos chilenos! O local é ponto de encontro dos locais e turistas e rola um por do sol maraaaavilhoso no verão. O local é propício para passeios de barcos e esportes náuticos. O acesso se dá pela rua Lincoyán, ao lado da Plaza de Armas.

Noite

A noite de Pucón é dedicada aos restaurantes , especialmente. No entanto, se você gosta de um jogatina, pode se divertir no Cassino de Pucon! Por lá a jogatina é permitida! O Cassino fica na Calle Clemente Holzapfel 190, a entrada custa CHP$ 500 algo como R$ 2 ( dois reais). – CORREÇÃO – O Cassino pegou fogo e não esta mais em funcionamento.
No verão a Avenida O’ Higgins fica repleta de pubs e barzinhos.

Avenida o Higgins - Pucón
Mas só para ilustrar o que eu disse sobre as minhas companheiras de viagem : elas preferiram comprar macarrão instantâneo e pasme! Vinho de caixinha ( siiimmm..vinho em tetrapak!!!!) para encerrar a noite na cidade que respira aventura!
Peguei o ônibus de volta a Santiago no dia seguinte às 9h da manhã , sem dar tchau para ninguém!

Mapa da região


Exibir mapa ampliado

10 Comentários

  1. Lidiane, pretendo visitar pucon em julho agosto 2013 para 4 dias de sky…conheci Chilan ano passado… e aeee,vale a grana

  2. Oi Lidiane, estou indo para o Chile agora no final de julho, e não vejo a hora de conhecer Pucon, a cidade parece ser cheia de aventuras, com esportes e paisagens maravilhosas !

    Vou viajar por 10 dias e sozinha, como você teve uma experiência similar, queria saber qual a melhor forma de levar dinheiro nesse tipo de viagem

    Bjoks !!

    • Julieine,

      Sugiro que v. leve dolares que possuem as melhores taxas para cambio. Há quem utilize os traveler checks (que funcionam como cartões pre pagos), mas eu não posso recomendar já que eu prefiro ter sempre $$ em espécie, para melhor negociar.
      Outra coisa que v. pode verificar é se o seu banco permite saque em moeda local. Caso as taxas não sejam muito altas , vale a pena para que v. nao tenha que circular com muito dinheiro.

      Aproveite muitooo! :-)

  3. Oi , estou indo ao Chile em 21 de Julho existe alguma chance de escalar o Villa Rica.

  4. Ameiii o post e desculpa mas nao pude conter meu riso cada vez que vc se referia a suas colegas de aventura kkkkk… estou indo ao Chile pela terceira vez em pouco mais de duas semanas e Pucon dessa vez esta no meu roteiro…Como to indo em março acredito que consiga fazer a escalada do vulcao.
    =) obg pelas dicas e vou ficar atenta para nao conseguir amigas como as suas.
    abracos
    =)

    • hahahahha…Pois é, Sheylla. Nem tudo são flores! Mas tudo, certamente, é aprendizado! Espero que v. tenha uma linda experiência! Beijos

    • Oi Sheylla tdo bom? vou a Pucon tb, gostaria de saber o que tem p faszer além de ver o vulcão e as termas? Penso em ficar 2 dias será q dou conta?

  5. Oi gente, fui a Pucon em março deste ano é simplesmente MARAVILHOSO! eu amei aquele lugar, mais não dei muita sorte fomos na época em que ele tinha dado “sinal de vida” hahaha e como sou mt sortuda cheguei la de manhã e o vulcão tinha entrado em erupção na madrugada, quase que não podemos entrar na cidade, enfim fiquei em uma pousada muita charmosa que se chama hostal pucon sur não é muito barato mais é lindo e a dona muita receptivo, compensa muito alugar um carro fizemos varios passeios em um dia.. a cidade infelizmente tava meio parada muita gente foi evacuada e tb óbvio não podemos escalar o vulcão, iamos passar 5 dias e ficamos apenas 2 porque estava tudo meio limitado, ainda sonho em volta e escala o villa rica :)

  6. Olá, Lidiane. Estou planejando ir para Pucon em janeiroe gostaria de ir de ônibus. O que você achou a empresa Jac? Só tenho visto chilenos falando mal. Vou comprar a passagem pela internet e a unica empresa que vi que não pede o RUT para compras on line é a JAC. Por favor, fale um pouco de sua experiência com essa empresa.
    Muito legal seu blog.
    Beijo

Comenta aeeee!

.