O Blog destinado a uma tribo com espírito aventureiro, que aprecia as estrelas do céu mais que as do hotel

.

Jacumã e as belezas desconhecidas do litoral sul da Paraíba

Jacumã e as belezas desconhecidas do litoral sul da Paraíba

Jacumã é um distrito do município de Conde na ParaíbaSaiba mais sobre a Paraíba no Viajando com Pouco. Está a 30 Km ao Sul de João Pessoa e é muito famosa , especialmente no Nordeste, pela beleza de suas praias.  Sua projeção internacional está atrelada sobretudo a famosa Praia Naturista de Tambaba que compõe o circuito de praias (Barra de Gramame, Praia do Amor, Praia de Jacumã, Carapibus, Tabatinga, Coqueirinho e Tambaba), denominas praias do sul paraibano, juntamente com o município de Pitimbu que está a 35 Km de Jacumã.

Eu que gosto de lugares pouco explorados ou divulgados, com chão de terra e  gente simples, vi todos os meus anseios serem atendidos neste lugar!  Entretanto era feriado e isso prejudicou um pouco o que eu gostaria de explorar, que era a tranquilidade e a beleza das praias desertas… A cidade estava tomada!

Ainda assim , consegui ver muito de perto o potencial  paradisíaco daquelas águas verdes e mornas,  que  por vezes formam piscinas naturais, sobrepondo os corais acentuados  da beira mar. Outras, formam lagoas marinhas ou não, denominadas maceiós,  dando vida a um cenário pitoresco e quase surreal deste pedacinho de terra, ainda tímido no circuito turístico brasileiro!

Como chegar em Jacumã?

Jacumã - Paraíba

Carro: Como mencionei anteriormente,  Jacumã está a 30 Km de João Pessoa , portanto de lá há a opção de ir de carro , acessando a Rodovia  PB-008  em direção a Pernambuco , que goza de excelentes condições! O percurso leva cerca de 30 a 40 minutos. Seguir sempre a estrada de asfalto e sinalizações, você não erra! Bem perto e tranquilo.

Ônibus: De João Pessoa é fácil chegar de ônibus . Próximo ao terminal de Integração do Centro , existe um galpão que eles chamam de Vermelhão.  Ao lado deste galpão há  4  pontos de ônibus , o penúltimo é o ponto do ônibus  que vai a Jacumã . É um coletivo intermunicipal  que custa R$ 5,00 (cinco reais) .

Transporte alternativo:  No mesmo ponto de ônibus ou nas redondezas  existem  os transportes alternativos. Eles ficam gritando o destino e quando vêem que você é turista, o brado e a abordagem ficam mais agudos!  Bem, pelo meu perfil de viajante, acho que vocês podem imaginar qual foi o meio que escolhi par achegar a Jacumã, certo? Hahahha. Com certeza optei pelo alternativo! #dicadeeconomia

ATENÇÃO:  O alternativo deve ser aquele que o povo local utiliza, caso contrário você será sumariamente enganado!

Para que vocês entendam: um taxista queria me cobrar R$ 80,00 (oitenta reais) para ir até Jacumã, embora não tivesse idéia de valor, imaginei que era algo bizarro, considerando que ir para Recife de ônibus era R$ 20,00 ( vinte reais).  Em seguida, um alternativo me ofereceu a viagem por R$ 40,00 (quarenta reais) em uma van. Metade do preço, mas neguei.  Finalmente, quando alcancei o ponto de ônibus, aparece um Voyage velho meeeesmo, oferecendo alternativo por  R$ 5,00 (cinco reais)… CINCO!!!

Claro que eu não entraria no carro , se outras pessoas não entrassem. Mas, percebi que uma outra senhora que estava comigo no ponto de calor escaldante correu rápido, bem como um outro moço todo paramentado de  “praia”… Não pensei duas vezes,  cai dentro daquele automóvel com algum cuidado para não me cortar em algum  pedaço de ferro solto! Hahaha

A conclusão é que o rapaz me deixou dentro da pousada pelo mesmo valor do ônibus e com (algum pouco) conforto de carro! #ficaadica

Onde ficar em Jacumã?

Jacuma na Paraíba

Este é um ponto que eu acho bem legal deixar claro, Jacumã é o nome do distrito , mas também o nome de uma praia. Portanto, se você buscar pelos grandes sites de reserva de hotéis como Booking.com  (www.booking.com) ele  te mostrará algumas opções em João Pessoa e poucas em Jacumã. É importante deixar claro que relativa pequena distância ganha uma imensidão quando trata-se de ficar hospedado em uma cidade para curtir a outra.  Portanto , se a sua idéia é curtir o litoral sul, hospde-se em alguma das praias do Sul.

Aliás, outra dica.  A praia de Jacumã é a mais movimentada, com quiosques e alguma coisinha de vida noturna, mas não é o único lugar para ficar. Se soubesse disso, talvez tivesse escolhido algo em Carapibus ou Tambaba que foram as praias que eu mais gostei. Mas por falta de info, achei que era possível me hospedar somente em Jacumã.

Feita as considerações acima, podemos falar em hospedagem.

Como disse, tratava-se de feriado, portanto super valorizada todas as tarifas.  Um dos lugares mais famosos para ficar em Jacumã é a Pousada do Ingles, que está atrelada do Hostel Internacional . Parece uma bela estrutura, mas estava cobrando um pacote de R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais) por 3 dias! Achei caríssimo!

Foi  quando encontrei a Pousada dos Arcos, que não estava com o melhor preçco do mundo, mas me pareceu mais justo :  R$ 300,00 (trezentos reais) o feriado prolongado.  Contudo, tratava-se de suíte privativa, com ar condicionado, wifi (super diferencial na região, acredite!), piscina , café da manhã e a uns  100m da praia …Ok!  Não tenho do que reclamar! Tudo muito simples, mas super aconchegante.

O que fazer em Jacumã?

O que fazer?  Caminhar, apreciar a natureza e “calangar” na praia! Basicamente estas são as atividades padrão deste destino…

Opa! E tomar aquela cerveja gelada, claaaro!

Praia Barra de Gramame

É a primeira praia (do Norte para o Sul) da sequencia.  Sua principal atração é a praia marinha e fluvial que são divididas por uma pequena porção de areia. Ela é um pouco mais distante das demais e o acesso deve ser feito de carro, buggy  ou moto taxi!

Moto taxi é muito comum, mas sao careiros: R$ 7,00 (sete reais) a corrida! Eu achei abusivo,  se considerarmos que o ônibus e o alternativo de João Pessoa sai por R$ 5,00 (cinco reais) . Mas na falta de um transporte próprio, ele é alternativa. Usei apenas para ir a Tambaba e Coqueirinho.

Praia do Amor

Possui um maceió  e a famosa pedra furada que serve de cenários para muitas fotos. Tenho que contar que eu não lembrei que este era o cartão postal da praia e como estava um pouco esgotada de andar, acabei ficando atraída pelo belo mar, petiscos (macacheira– R$ 8,00- oito reais)  e cerveja gelada (Skol garrafa-R$ 4,00– quatro reais)  do meio do caminho e não vi a tal pedra! #fail .

Ah! Tem uns carrinhos de sorvete que transitam  pela praia com um sininho…Experimentem! É super bom! Especialmente o de Graviola e Cajá.  Somente na Praia do Amor o sorvete é R$ 1,00 (um real) , conforme vamos avançando ao Sul eles vão encarecendo! Rs.

Praia Jacumã

Praia de Jacumã - Paraíba

É a mais movimentada e com melhor infraestrutura de quiosques. O mar é um pouco bravo, portanto não recomendo como praia de banho, especialmente para crianças. Possui também, o famoso maceió de Jacumã, que são lagoas formadas com água salobra.

Aqui as porções já são um pouco mais caras, bem como as bebidas. Se optarem por tomar caipirinha ATENÇÃO : Certifique-se de que é uma caipirinha de verdade e não suco de limão com vodka! Paguei R$ 6,00 (seis reais) em uma, que tive que deixar todinha para Iemanjá! :-P

É possível ir caminhando pela praia da Praia do Amor a Jacumã somente. Para seguir  às demais é necessário esperar a maré baixar. Caso contrário, somente de buggy, carro ou moto taxi.

Praia de Carapibus

Piscina natural - Praia Carapibus

Na minha opinião, uma das mais bonitas (junto de Tambaba e Coqueirinho). É a praia dos corais a beira mar, onde a paisagem muda a cada hora.  Se você chega pela manhã, consegue ver o mar longe e os corais sobresalentes. Por volta do meio dia as águas começam a invadir  os corais, formando as piscinas naturais,  propícias a prática de snorkelling  e mais tarde, você não consegue imaginar que ali pudesse haver piscinas. Elas ficam completamente encobertas.

A minha sugestão  é ficar no quiosque chamado Nativos.  Tem boa comida e bons preços. Uma peixada acompanhada de macaxeira e vinagrete sai por volta de R$ 30,00 e serve 2 pessoas.  A Cerveja (Skol garrafa) já vale R$ 5,00 (cinco reais).

A partir daqui , com a maré baixa você pode seguir até a praia de Coqueirinho. Uma boa caminhada de  mais ou menos  8 a 10 Km!

Praia Tabatinga

De todas, foi a que menos me despertou interesse e não há motivo específico. Só não rolou aquela química! Rs. Ela é menos frequentada, mais elitizada , com uma grande extensão de falésias pela sua orla. O mar é igualmente verde e belo como a das demais.  Não há ambulantes ou quiosques.  Contudo, acho que o ponto forte desta praia é o Tabatinga Art Bar. Ele já não é mais uma cabana e está bem próximo de um restaurante , cuja especialidade são frutos do mar (of course!).

A proposta é bem  bacana… Entre as mesas na areia da praia há exposição de artesanatos  e quadros. Todos a venda.  É uma mistura de bar, restaurante e ateliê selvagem…

Praia de Coqueirinho

Praia do Coqueirinho - Jacumã

A mais famosa e idolatrada pelos paraibanos! Existe até uma certa fixação  por este lugar. Confesso que quando sou muito recomendada, fico preocupada , porque minhas percepções geralmnete não são as mesmas.  Contudo, Coqueirinho me surpreendeu positivamente. Realmente a praia é linda!

Ela consegue agrupar tudo que desejamos e temos como verdade sobre o paraíso:  Águas mornas e verdes, areia clara, corais a beira mar, coqueiros por toda extensão  e bares! Acho que não faltou nada…

Mas como nem tudo é perfeito, o capitalismo desmedido já chegou neste reduto e todas as cadeiras de praia e guarda-sol são pagos! Cobra-se R$ 20,00 ( vinte reais)  duas cadeiras e um guarda sol  e para cada cadeira adicional R$ 5,00 ( cinco reais) . Fugi!

Praia de Tambaba

Praia de nudismo Tambaba - Paraíba

Para mim a melhor!!!  Tambaba além de belíssima é  cheia de pudores… E como não poderia deixar de ser , tenho paixao por tudo que é controverso e polêmico, isso já justificaria minha preferênica.  No entatnto,  a praia em si é um chacoalhão de beleza…Quando cheguei lá, fiquei meio boba, sem saber por onde começar a explorá-la.  Iniciei pelo mirante que te dá uma visão ampla do que aquele lugar mágico reserva.

Tambaba é a primeira praia naturista (leia-se: praia de nudismo) do Nordeste e talvez a mais famosa do Brasil.  Mas, ela está dividida em 2 partes: a dos vestidos e pelados.  Há uma pequena parte em que é possível aproveitar ainda de roupa…Do outro lado, somente “ nú com a mão no bolso”.

Por conta de feriado, uma legião se aglomerava na entrada da praia  e nos corais…Faziam poses, caras e bocas, pareciam todas com muita disposição e coragem, entretanto, existe um portal que divide o mundo dos desnudos  e ali é que eu queria ver quem manteria o sorriso fácil no rosto!  Hahaha

Por ter sido uma experiência tão bacana, resolvi escrever um post exclusivo para a minha primeira experiência em uma praia naturista! Bisbilhotem aqui!

Noite em Jacumã

Se o que você busca é noitada, acho que este não é o melhor destino…

Talvez Morro de São Paulo te atenda melhor  neste quesito. Ainda assim, conheci dois celebres lugares, onde normalmente acontece algum movimento.

Na primeira noite fui  a Passarela do Caranguejo  que fica na Praia de Carapibus. Trata-se de um restaurante cuja especialidade é? Caranguejo! rs.  Ele é apresentado das mais variadas formas e com as mais inusitadas misturas. Vale a pena pelo valor gastronômico!

Somado a isso rola algum som ao vivo e na ocasião estava tocando uma banda de João Pessoa. O som era médio, mas era o que tinha… E  pelo que me informei semanalmente tem música lá!

Segunda noite eu precisava conhecer algo mais local. Queria saber onde as pessoas  se divertiam naquela cidade e resolvi perguntar a um dos garçons de um quiosque na praia, até que cheguei ao nome: Lamabada.

Lambada está no centro de Jacumã na orla da praia, atrás da  Cabana da Morena 2 na Praia de Jacumã e trata-se de um galpão equipado com um som ultra potente, globo e luzes. A qualidade musical é duvidosa (para o meu gosto), o que reina são os bregas eletrônicos! Aiiii!.

Entratanto, para o meu exercício preferido antropológico de observar as pessoas  e entender um pouco mais da cultura foi bem legal.  Não interagi com ninguém, porque como disse em um post anteriorConheça mais detalhes da Paraíba visitando o artigo do Viajando com Pouco não parece muito comum na Paraíba uma solo traveler, assim um pedaço da minha viagem não se cumpriu.Talvez seja um motivo para que eu possa voltar em outra oportunidade, quando a cidade está mais tranquila, inteira e entregue a minha ânsia de desvendar!

Como consideração final a dica que deixo é: Se vai a João Pessoa, reserve pelo menos uns 2 ou 3 dias para o litoral Sul, certamente você voltará ainda mais impressionado com as surpresas que a discreta Paraíba reserva aos turistas que se atrevem a inclui-la em seu roteiro de viagem!

 Mapa da região:


Exibir mapa ampliado

21 Comentários

  1. Lidiane, estou ficando cada vez mais curiosa para ver isso tudo de perto e fotografar muitoooo!!!! Bjs!

  2. Só faltou ir mais ao sul, Pitimbu, Praia Azul, Mariscos, Praia Bela, Acaú, até a fronteira com PE.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Pitimbu
    Para conhecer mais sobre a cidade injustiçada e um tanto esquecida pelos turistas que vão até Tambaba. rs

    • Você acredita quw eu só descobri Pitimbu, Bela e Acaú qdo voltei para São Paulo e comecei a ler alguma coisa para poder escrever o post???
      Estou planejando um retorno ao Nordeste agora em Novembro…
      Tô achando que vou ter que voltar a Paraíba para fazer ver este pedacinho e o Litoral Norte! ;-)

      • Oi !

        Muito bacana essa viagem que você fez Lidiane !

        Farei um trajeto parecido, mas, partindo de Recife.

        Vocês sabem como chegar em Pitimbu saindo de Goiana-PE ? E, além disso, como chegar em Tambada (é a mais ao sul de Conde, né ?) saindo de Pitimbu ?

        Abraços !

        • Junior,

          Infelizmente eu fiz tudo por transporte coletivo. E a unica dica qu eposso tre dar e de Joao Pessoa a Conde, como esta descrito no post.

          Abs

        • E FACIL, PELA BR 101 A 8KM S, UQNDO CHEGARENTIDO JOAO PESSOA, DEVE ENTRAR NA PRIMEIRA ESTRADA A DIREIRA APOS O POSTO DA POLICIA FEDERAL, SEGUE RETO QUANDO CHEGAR EM UMA ROTATORIA NA QUAL TEM UMA UMA PLACA INDICANDO HOTEIS E RESORTS, VIRE A DIREITA, A ESTRADA VAI BEIRANDO TODAS AS PRAIAS( PRAIA BELA, TAMBABA, COQUEIRINHO E ETC) ATE CHEGAR A CABO BRANCO

  3. gostei muito das dicas pois faremos um passeio em breve nesse lugar

  4. Menina, vc é ddemais!

    Estou pesquisando praias no nordeste para achar uma moradia e curtir a aposentadoria numa espécie de “Jardim do Édem” à beira mar.
    Vou em janeiro para Itacaré, e li seus comentários. Adorei!
    Mas as praias da PB, como vc as descreve, me parecem melhor destino.

    OBRIGADA PELAS DICAS!
    PROSSIGA!

    Um bj.
    Rádhika.

  5. amei estou indo, conhecer e toda a informação e bem vinda muito obrigada

  6. Em jacumã me hospedei na pousada beija flor e foi ótimo! Ambiente aconchegante, quartos com ar condicionado e WiFi! Pertinho dos restaurantes e do centro, a 2 quadras do mar. Adorei!

  7. Nossa, li a descrição da sua viagem e foi muito parecida com a que fiz a primeira vez que fui pra Paraíba, em 2010. Só que fiquei na pousada do inglês. Eu não sabia mto bem pra onde queria ir, mas queria viajar, daí comprei uma passagem de Recife para São Paulo, morando em São Paulo rsrs, depois de uns dias, acabei comprando de São Paulo pra Natal. Fiquei na Pipa, E só este ano q realmente conheci Natal, mas da Pipa, peguei van pra Goianinha, depois alternativo pra João Pessoa e alternativo tbm pra Jacumã, tudo isso sem conhecer, mas como vc, vi q outras pessoas tbm pegaram… Fiquei uns dias em Jacumã, fui num forró divertidíssimo lá, andei kms de praia, até descobrir q depois q a maré sobe não tem como passar de volta. Me distraí tbm com a culinária barata e mto boa, caldinho de camarão… Enfim, por sorte, na volta, depois de passar pelos cânions com água no joelho, encontrei um restaurante no meio do nada, q parecia ter sido colocado pra me ajudar e lá o dono ligou para um moto taxi q me levou de volta pra pousada pela pista. Teve um dia tbm q fui pra João Pessoa bem cedo e voltei no último ônibus. O inglês, dono da pousada, mto gente boa, estava me esperando e preocupado q eu não chegasse naquele ônibus… Mto bacana! Bom, lá na pousada conheci 3 meninas, inclusive uma era do meu bairro em SP rsrrs, mas fui conhecê-la lá, elas iam pra Recife naquele dia e eu no dia seguinte. Elas então me chamaram e dividimos o carro, ou seja, perfeito. Não me lembro qto gastamos, mas não foi mto. Já em Recife foi mais tranquilo, sem aventuras… Sempre q dá apronto dessas… E espero não parar nunca……

  8. Lidiane, tentei entrar em contato pelo fale conosco, mas não consegui enviar.
    Por qual e-mail posso falar com você?

    aguardo e obrigada

    Michele

  9. Olá Lidiane, gostaria de te parabenizar pelo seu blog que foi fundamental na escolha do meu roteiro de viagem que finalizei a pouco pelo litoral da Paraíba. Já que vc me ajudou tanto quero compartilhar alguns roteiros bem interessantes para uma próxima viagem sua. Aos sabados em Jacuma, na comunidade quilombola Guruji acontece a festa do côco de roda, que além de linda e divertida oferece quitutes e bebidas típicas entre elas Ararajé por R$2,00 (quase chorei, rs). É uma festa de valorização da cultura afro, vale muito a pena! No litoral norte, na baia da traição, que embora muito esquecida pelo turismo (o que no fundo acho bom) nos presenteia com uma natureza pouco tocada, adeias simples de pescadores que te fazem se sentir parte do ambiente e uma infinidade de aldeias indígenas cada uma com peculiaridades muito interessantas. Em várias aldeias escondem-se lagoas de águas cristalinas e uma natureza exuberante, como a lagoa do mato, pouco visitada por turistas e de águas limpíssimas. Se tiver oportunidade de ir até esta lagoa aproveite e prove um delicioso Beiju de mandioca e um bolo de pé de moleque assado na folha de bananeira na sua frente aos moldes tradicionais indǵenas na “barraca do Beiju”, mantida por uma família que pra mim é a mais simpática do mundo (saí de lá acreditando mais no ser humano, rs), nos fartamos de tapoca, beiju e bolo pé-de-moleque e água de coco (estávamos em 7), conhecemos uma árvore de fruta pão e um integrante do clã fez questão de subir e nos entregar 3 frutos e no final nossa conta ficou em 20,00. Embora também goste de viajar com pouco achamos um abuso pagar somente R$20,00 e acabamos dando o dobro. A família não quis aceitar no início mas encarou como um presente e em troca resolveu nos presentear com mais uma água de côco para cada um, rs, tentamos recusar mas não teve jeito.Pena que a chuva não nos deixou conhecer plenamente o litoral sul, mas já valeu os 2 dias de 7 de sol e as escapadelas quando a chuva dava uma treguinha. Ah gostaria de agradecer imensamente a dica do restaurante Mangaí, realmente pra mim um dos melhores restaurantes que conheci. Abç e tudo de bom

    • Fabiola, que delicia receber um relato tão rico e com dicas tão preciosas e super exclusivas, do jeito que a gente adora!!!
      Agora vou ter que voltar a Jacumã pra provar tudo isso!
      Obrigada por fazer aumentar essa troca de informação, que faz com que sejamos mais desbravadores! Beijos

  10. Sou de Abreu e Lima (Norte de PE) e vou lá prox domingo. Post muito util. Valeu

  11. oi Lidiane, sou de são Paulo e estou indo de ferias em Setembro com minha familia (esposa e dois filhos pequenos) vamos nos hospedar em Carapibus numa pousada, é a nossa primeira vez lá, qual praia você aconselha para as crianças? tem restaurantes baratos para almoçar e jantar por la? obrigado e parabens pelo blog.

  12. de jacumã, como eu chegoas praias de tambaba, coqueirinho, tabatinga. E para voltar a joão pessoa , como faço?

  13. vou vir de recife. chego a Jaucmã na mesma rodoviaria?
    de jacumã, como eu chegoas praias de tambaba, coqueirinho, tabatinga. E para voltar a joão pessoa , como faço?

Trackbacks/Pingbacks

  1. Praia de Tambaba - A malícia está no tecido - Viajando com pouco - [...] de iniciar a programação de  minha viagem a Jacumã  eu jamais teria imaginado conhecer uma praia naturista, e não …
  2. João Pessoa - Paraíba - A cidade onde o Sol nasce primeiro! - Viajando com pouco - [...] Jacumã [...]
  3. Carnaval de Jacumã 2014 Programação – Carnaval Conde PB 2014 - Paraíba Criativa - […] A Praia de Jacumã está situada no município do Conde que faz parte da região metropolitana de João Pessoa. Conheça um …
  4. 10 Melhores Destinos no Nordeste Brasileiro - Viajando com pouco - […] Um dos melhores destinos do Nordeste! Jacumã é um bairro do município de Conde que está a 30 Km …

Comenta aeeee!

.