O Blog destinado a uma tribo com espírito aventureiro, que aprecia as estrelas do céu mais que as do hotel

.

O que fazer no feriado em São Paulo?

O que fazer no feriado em São Paulo?

Foi-se o tempo que o desespero me consumia quando eu não podia viajar e tinha de passar o feriado em Sampa… Hoje , ao contrário, já começo a fazer a lista daqueles lugares incríveis que estão sempre cheios e que eu torço por um feriadinho em que eu possa disfrutar com mais tranquilidade de suas “belezuras”.

Como vocês sabem, esse blog não tem “jabá” e tudo que eu cito aqui é porque eu realmente gosto. Então fiquem a vontade para discordar nos comentários , caso cheguem ao local e não achem lá estas coisas… As recomendações que eu faço são com base no meu (modéstia a parte) bom gosto pessoal ! hahhahaha.

E, claro, sempre conto do que se trata e o que rola em cada território, portanto atentem-se as dicas. Se v. é rocker heavy metal não vai se meter no sambão do Ó , por exemplo, porque é bem provável que v. xingará até a minha quarta geração ancestral…

Bom, já me justifiquei demais… Taí pra vocês uma partezinha “chiquita” dos meus cantinhos preferidos em SP :

#existemuitoamoremSP #sampacultural #culturaeamorporfavor

Jazz nos Fundos – Para quem curte Jazz (claro!), ambiente com uma carinha e um público mais descolaado e alternativo e uma boa carta de cervejas, pode apostar neste lugar sem medo de errar!

O Jazz nos Fundos me ganhou logo de cara! Primeiro porque ele não é óbvio. Ele fica dentro de um estacionamento. V. precisa “pular esta barreira” para encontrar o bar. Depois disso nada é convencional: mesas, cadeiras, lustres são diferentes e formam um mosaico de cores e formatos. Adorei!!!

E o som? Ahhhh! O som!!! Da melhor qualidade!! Eu, particularmente, recomendo às quintas-feiras que rola um Jazz mais clássico ( e o que mais me agrada), mas a casa abre também às sextas e sábados com uma mistura do jazz e outros acordes.

O atendimento também é super bacana e merece destaque! Não por acaso é o espaço encabeça a minha lista de preferêcias!

Feira Antiguidade Benedito Calixto –   Eu sou suspeita, porque estou quase todo sábado lá fuçando as bancas de antiguidades pelas quais sou apaixonada!

Tenho loucura por taças de cristal e peças em prata. Não, gente! Não moro em nenhum castelo medieval e nem compro estas peças para compor o meu apartamento de 50m2. Eu sou admiradora, mesmo! E vez ou outra compro algum mimo para fazer uma gracinha na minha decoração minimalista! J

Mas além disso, a feira é rodeada por bares que te convidam a perder uma tarde tomando uma cervejinha descompromissada, tem uma praça de alimentação que sempre rola música ao vivo que varia entre um bom samba ou músicas regionais como o carimbó e as barraquinhas de comida típica. Tem comida paraense, comida portuguesa e a minha perferida : comida baiana! O acarajé é o meu preferido e com aquela pimenta que eu nunca comi igual nem na Bahia! “É quente, vice?”

Ó do Borogódó  – Ah! Que os domingos para mim não são os mesmos depois que eu descobri esta casa de reboco no coração do bairro de Pinheiros!

E a receita é simples : chão batido, cerveja de garrafa, samba de primeira qualidade , gente bonita e um horário bom para todo aquele trabalhador. A bagunça começa às 21h no domingão e termina a meia noite. Acessível, vai?

A casa lota! Sim, não posso mentir. Mas, o clima é ótimo! Público descontraído, jovem, misturado…

A gringaiada pira o cabeção nas caipirinhas e são bem recebidos! Eles curtem o espaço e geralmente conhecem lá melhor que os próprios paulistanos. Não tem tribo!

Segunda-feira também é um dia incrível com um samaba de terreiro que é de cair o queixo!!! Mas aí eu recomendo para quem tem um espírito um pouco mais aventureiro para encarar a terça feira de trabalho…Mas sinceramente? Vale a pena!!!!

 

O_do_Borogodo_Bares_Samba_SP

Jardim Botânico  – Para quem quer curtir algo menos urbanóide e estretitar o contato com parte verde da cidade, além de sair do circuito dos grandes parques que são , realmente, invadidos nos feriados, eu recomendo o Jardim Botânico.

O espaço é super agradável para a prática de caminhada, piqueniques com a criançada e até mesmo com aquele affair e funciona como cenário para ensaios fotográficos devido ao cuidadoso trabalho paisagistico que foi feito em suas dependências.

Além disso, conta com um orquidário e um museu para os mais interessados em ciência botânica.

MASP  – O MASP para mim é o museu mais significativo da cidade. Até porque é considerado o mais relevante do Hemisfério Sul devido ao seu riquíssimo acervo que contempla: Renoir, Van Gogh, Monet, Delacoix , Rembrandt , Diego Rivera…Ai…É mto amor!

Depois, porque o passeio ao MASP pode ser mais completo do que se imagina, já que ele está localizado na Avenida Paulista, um dos mais importantes cartões postais da cidade e dispõe de um restaurante que é uma opção , realmente, incrível para um bom almoço.

Caso seja o MASP a sua escolha para este feriado, certifique-se de estar com roupas e calçados confortáveis , porque certamente será um passeio que demandará todo o dia e para que você possa disfrutá-lo como é merecido, dê-se o conforto necessário!

 

Vale do Anhangabaú

Café Piu Piu Para os amantes do bom e velho Rock´n Roll a minha dica é a tradicional casa do Bixiga!

Primeiro porque o som lá é sempre bom: Rock clássico! A-D-O-R-O!

O público é mais democrático e isso sempre vai contar como ponto positivo para mim. O espaço é bom (não é gigante, mas é ok!) e a cerveja está sempre gelada. Rs.

O único ponto negativo é que não aceita cartão. Portanto, tenha sempre grana em cash e divirta-se!

The View Bar – Bom! Agora se o seu objetivo é ter momentos românticos e impressionar o gato ou a gata ou então fazer a “preza” com aquele match do Tinder hahahahha … Meus amigos…Este é o lugar!

O The View é um bar que fica 30o andar de um edifício na Alameda Santos. Ou seja , v. terá o visual de toda a Avenida Paulista. Imagina isso a noite com uma boa taça de vinho? Pode me pedir em casamento! Hahahhaha #morri

Claro que aqui teremos de sair do roteiro “Viajando com Pouco”, porque o The View é caro, sim! Mas como eu estou aqui para te mostrar que dá para conhecer lugares bacanas sem ter que vender o Ticket Restaurante do mês, vou te contar um segredo : não precisa ir para jantar! Vá para tomar um drink, bliscar alguma coisa e ouvir a boa música ao som do piano…. é igualmente romântico, fica mais descontraído e ainda não dá aquele bode!

Ahhhh…Podem me agradecer com muitos comentários ao final deste post! :-P

 

theview

3 Comentários

  1. Conheci seu site hj…. Mts Bom.
    Simplesmente adorei suas dicas.. Meus parabéns

  2. Parabéns Lidiane! Estou adorando deus posts.

  3. Muito bom, Lidiane!

Comenta aeeee!

.