O Blog destinado a uma tribo com espírito aventureiro, que aprecia as estrelas do céu mais que as do hotel

.

Pantanal Matogrossense

Pantanal Matogrossense

O Pantanal certamente foi um dos destinos mais pitorescos que eu já conheci, estar em contato com a natureza selvagem me faz um bem sem igual. Estive lá em Novembro de 2011 , logo após minha visita a Bonito.
Há quem diga que a melhor época para visitar o Pantanal é na época das cheias (Dezembro a Julho) , onde a chuva é abundante e a vegetação é exuberante, onde a maior planície inundada do mundo ganha sua melhor forma, entretanto, a visualização dos animais acaba ficando um pouco prejudicada, já que grande parte das espécies migram neste período.
Eu optei por ir na época de seca (Julho a Novembro) , onde as chuvas são mais escassas e as planícies estão mais sequinhas e a observação da fauna acaba sendo muito mais favorável.
Para quem gosta de agito 3 dias no Pantanal vai beirar a morte, porque o sossego é extremo, mas para quem busca tranquilidade, contato com a natureza e até um “olhar para dentro” eu super indico! O lugar é propício para isso! Sabe quando você tem a sensação de ter desplugado do mundo?
Eu acertei toda a programação através do Bonito Ecological Hostel, que como mencionei no meu post de Bonito, tem bons preços para oferecer ao Pantanal, já que funciona praticamente como uma extensão do destino de Bonito para a maioria dos turistas . Paguei R$ 470 ( quatrocentos e setenta reais) por um pacote com transporte, pensão completa e todos os passeios inclusos por 3 dias..Tudo incluso , mesmooo!

Como chegar e onde ficar no Pantanal?

O Hostel providenciou o transporte, fomos em uma van via Aquidauana até a cidade de Miranda , cerca de 190 Km em estrada asfaltada, que seguiu até Corumbá, Pantanal Sul. Na estrada já é possível observar animais selvagens como cervos , por exemplo.
No Panatanal não há opção de hostel ou hotel , as hospedagens são necessariamente em fazendas. Já li alguma coisa sobre acampamento, mas não me parece algo muito seguro, especialmente porque jacarés e onças passeiam livremente pela região! ;-)
Me hospedei no Lontra Pantanal Hotel, vizinho do famoso Passo do Lontra  que é sempre muito bem recomendado como uma fazenda com bom custo x benefício. O que posso dizer é que o Pantanal Hotel atendeu muito bem as minhas necessidades e expectativas , um hotel muitissimo agradável, localizado a beira do Rio Miranda . Todos os quartos são suites que podem ser individuais ou compartilhadas, porém todas possuem ar condicionado, porque o calor da região é severo de verdade!
Todos os dias eu acordava e ao abrir a porta do meu quarto me deparava com aquela imensidão de águas, um sol escandalosamente lindo e o som de muitos, muitos, muitos pássaros! Coisa maravilhosa! Isso quando não haviam alguns tuiuius por ali, esperando para me saudar com seu “bom dia”!
A Fazenda oferece pensão completa e o que eu posso dizer que ir ao Pantanal é o mesmo que se submeter a um intenso regime de engorda, porque você acorda, come, faz algum passeio sem grande esforço físico, retorna ao hotel, come de novo e dorme!

A vida que todo Rei Momo pediu a Deus!

O que fazer no Pantanal?

Capivaras no Pantanal

Todas as fazendas já contam com passeios pré definidos (e inclusos no preço), considerando as condições climáticas . Porém dentre os passeios mais comuns estãos os :

Safaris Fotográficos

Entardecer no Pantanal

Onde você pode fazer observação de animais endêmicos. Desde as aves mais comuns como os tuiuis até gaviões, araras , tucanos passando pelas capivaras, jacarés, queixadas, macacos bugios e porque não a tão procurada onça pintada?

Pesca no Pantanal

Pesca no Pantanal

O Pantanal é a Meca dos pescadores! É comum encontrar embarcações muito bem preparadas com grupos que passam dias e dias nos rios se dedicando somente ao esporte. Claro que estão sempre bem abastecidos de cerveja, bate-papos e “causos”.
Cavalgada – Além de poder cicrcular pela região fazendo observaçãoda flora, fauna , você pode ver como funciona o manejo da boiada, atividade típica panataneira.
Pôr do Sol – Assistir a um por do sol no Pantanal é mandatório e inesquecível. É estabelecer contato com a força maior da natureza ao ver o céu azul dando espaço a uma coloração alaranjada que rapidamente migra par ao rosa! Sim..O céu fica cor de rosa! Algo que eu jamais vi!

Focagem noturna no Pantanal

Focagem noturna

Como vocês devem imaginar a focagem noturna é uma atividade com mais adrenalina, porque além de contar com as possíveis surpresas que a noite naturalmente reserva, temos a “troca de turno” dos animais, onde as espécies do dia dão espaço às espécies da noite , geralmente menos comuns e mais difíceis de visualizar…
No meu caso, ainda, estava com grupo fantástico formado por dois casais graciosos , pelos quais tenho um carinho imenso, Fezinha e Dani e Gi e Giordano, que tornaram-se amigos queridos!
Pegamos um temporal surreal onde víamos o guia muito preocupado com a embarcação, tentando se esconder nos igarapés, sem sucesso! Muita adrenalina acompanhada de uma sensação de alma lavada..Indescritível!
De repente cessa a chuva convencional e o inicia-se um chuva de morcegos! Hahaha
Não é filme e nem sonho! São fatos que compõe uma história muito especial do tempo que estive no Pantanal.

Vida Noturna no Pantanal

Cerveja gelada, bate papo, baralhinho e o coachar dos sapinhos! ;-)

Mapa da região do Pantanal


Exibir mapa ampliado

5 Comentários

  1. Estive lá em jan/2012, fiz inúmeras pesquisas e fechei um pacote com a Agencia AR de Bonito, que fez de acordo com o meu orçamento, no nosso pacote incluía aluguel de carro (o que nos deixou mto a vontade, para irmos a outros lugares), hotel, passeios, hotel no pantanal. As passagens compramos em outubro, parceladas, então não ficou tão pesado. O pessoal da agencia foi mto bacana. Em Campo Grande estavam nos esperando para entregar o carro, chegamos em Bonito no tempo esperado, mais ou menos 3hs de viagem. Fomos a gruta azul, fazenda boca da onça (o lugar é perfeito!), rio sucuri (nesses 2 últimos o almoço estava incluso), balneário municipal, balneário sol nascente e visitamos o projeto jiboia. Fomos nos restaurantes cantinho do peixe, em um q agora não lembro o nome que só serve carne de jacaré, bem na entrada de Bonito, comemos X-Jacaré e fomos no pastel Bonito, todos foram super receptivos. No Pantanal ficamos hospedados na Fazenda San Francisco, com pensão completa e um espetáculo da natureza. Fizemos 2 passeios de chalana, safári fotográfico pela manha e a noite.Incrível!
    Gastamos aproximadamente 2500,/casal.

    • Fatima,

      Continue contribuindo com suas valiosas infos! Os viajantes agradecem! :-)))

      Bjs

    • Olá Fátima!
      Seu roteiro foi de quantos dias? Estou planejando com meu namorado uma viagem tipo a sua, mas estou achando mto caro os dias no pantanal…

    • Fatima, voce foi em que mês? Qual o mes que nao dá pra pescar?

  2. Gostaria de sua opinião… Estou em dúvida entre ficar em Corumbá/Passo do Lontra ou Fazenda Saõ Francisco/Bonito ou Cuiabá(transpantaneira)/Chapada.
    Qual tem o PANTANAL mais bonito? Estou indo com meu marido e meus dois filhos…
    Dizem que a região de Corumbá é a região mais bonita é verdade?
    Qual aeroporto indica? Fica muito distante pra ir de carro de Campo Grande?
    Obrigada pela atenção!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Mato Grosso do Sul - Parte I - Viajando com pouco - [...] demais e acabava optando por algum destino mais barato. E eu não estava errada… Bonito e Pantanal não são …

Comenta aeeee!

.